(11) 94024-5599, 2574-7989 e 3791-3754

A quimioterapia é um tratamento tóxico, seu uso tem por finalidade a eliminação de um câncer pela indução da morte das células cancerosas.  Sendo assim, esta é uma toxicidade considerada “desejável”, porém o oncologista deve considerar qual a melhor dose e qual o intervalo adequado entre sessões a ponto de causar o efeito desejado sem debilitar em demasia o paciente.

Destacamos como efeitos colaterais comuns decorrentes do tratamento: mielotoxicidade (diminuição da contagem de células sanguíneas, principalmente neutrófilos e plaquetas), alterações gastrointestinais (vômitos e diarreia), toxicidade nefro e urotelial (insuficiência renal e cistites), toxicidade cardíaca e pulmonar, toxicidade neurológica e reações de hipersensibilidades (anafilaxias).  Porém, na prática observamos que estes efeitos são tratáveis e contornáveis na maioria dos casos, porém os responsáveis devem ser informados sobre os mais frequentes efeitos que podem ocorrer em seus animais, como:

EFEITOS COLATERAIS POSSÍVEIS QUE SEU ANIMAL PODE APRESENTAR:

  1. apatia entre 12 e 72 horas após a quimioterapia,
  2. diminuição de apetite,
  3. episódios de vômito,
  4. fezes pastosas ou diarreia ,
  5. diminuição das células brancas do sangue (leucopenia), usualmente entre 7 a 14dias
  6. perda dos pelos.

Alguns pacientes podem exibir efeitos colaterais mais exacerbados e que necessitam de terapia suporte (usualmente fluidoterapia e observação com medicamentos injetáveis), como:

EFEITOS COLATERAIS QUE DEVEM RECEBER TRATAMENTO SUPORTE:

  1. ausência de apetite por mais de 24h,
  2. prostração importante,
  3. episódios de vômito sucessivos (em período inferior a 1 hora),
  4. tremores, respiração ofegante, febre,
  5. dificuldade para urinar, presença de sangue na urina,
  6. diarreia líquida ou com presença de sangue.

Ainda, devemos lembrar os responsáveis que os quimioterápicos  administrados aos pacientes veterinários são excretados, em pequena quantidade, pelas fezes, urina e também vômitos. Desta forma é importante alertá-los sobre os seguintes cuidados:

CUIDADOS COM FEZES E URINA!

Os resíduos da quimioterapia serão eliminados do organismo (pelas fezes e urina) durante 24 a 72 horas após a aplicação, durante este período recomenda-se:

  1. utilizar luvas e sapatos protetores para a limpeza da área onde o animal urinou e/ou defecou,
  2. absorver a urina com toalhas de papel absorvente e descartá-las em lixo comum embaladas em sacos plásticos,
  3. recolher as fezes e descartar no vaso sanitário ou então em lixo comum, porém, bem embaladas em saco plástico,
  4. lavar a área com água e sabão,
  5. lavar as mãos após qualquer manipulação dos dejetos do animal
  6. crianças, gestantes e mulheres amamentando devem evitar contato com fezes, urina e outras secreções contaminadas.