(11) 2574-7989 e 3791-3754

Dúvidas frequentes

O que é um tumor ou um câncer?

Os tumores são formações (nódulos, massas ou também feridas) que crescem em volume e extensão pela proliferação descontrolada de células. Os tumores malignos são designados como cânceres e, estes podem apresentar crescimento infiltrativo, no local de surgimento, como também se disseminar para órgãos distantes (metástases).

Por que cães e gatos também desenvolvem tumores?

Assim como pessoas, cães e gatos também podem ser acometidos por tumores. Usualmente a doença ocorre em animais mais velhos (acima dos 10 anos de idade) isso porque a maioria dos tumores são consequências de alterações genéticas (mutações) que são adquiridas ao longo da vida. Em qualquer espécie (humana, canina e felina), o aumento da longevidade constitui um dos principais riscos para a doença. A exposição a conhecidos carcinógenos (sol, produtos químicos) e também a algumas infecções virais também podem participar na etiologia da doença.

Quais são os sinais de um tumor/ câncer?

Os sinais estão relacionados ao tipo e localização do tumor mas, de forma geral consideramos que podem ser sinais da doença quando observamos: nódulos palpáveis e aparentes, aumento de volume abdominal (massas abdominais), dificuldade para respirar (massas ou acúmulo de líquido em tórax); feridas que não cicatrizam; perda de peso sem causa aparente; anemias crônicas; dificuldade para comer, engolir ou defecar ou ainda, sangramento espontâneo por orifícios naturais.

Como diagnosticar um câncer em cães e gatos?

 O diagnóstico de um tumor/câncer pode ser feito pela análise das células ou de um fragmento do tecido que compõe o tumor. Através deste exame o patologista confirma
a natureza benigna ou maligna da neoplasia.

Como tratar cães e gatos com tumor/câncer?

Em oncologia veterinária o tratamento baseia-se na cirurgia, quimioterapia e radioterapia. A cirurgia é particularmente importante no tratamento dos tumores sólidos (aqueles que formam nódulos e massas) e, é recomendável que o cirurgião seja um profissional habilitado (cirurgia oncologista)  para realização das técnicas de exérese (extirpação) e reparação (plástica) do paciente.

A quimioterapia é a terapia de eleição para os tumores hematopoiéticos (linfomas, leucemias, mielomas) e também para os tumores venéreos transmissíveis em cães (TVT). Também utiliza-se a quimioterapia no tramento complementar à cirurgia para os tumores com potencial de disseminação metastática.

Alguns pacientes com cânceres avançados (sem possibilidade de cura ou com doença metastática) também podem ser beneficiados com quimioterapia (exemplos: carcinoma mamário inflamatório, linfoma recorrente) A radioterapia, embora não muito utilizada no Brasil, pode ser particularmente útil como tratamento adjuvante após a cirurgia, tumores de crâneo ou ainda como terapia paliativa para tumores inoperáveis.

l

Porém, nem todos os tumores são tratados da mesma forma. As abordagens são distintas para cada tipo específico. Caso você queira obter mais informações sobre oncologia veterinária, envie um e-mail para: mensagem@oncocane.com

Principais tumores que acometem cães e gatos:

  • Cutâneos, sendo que os cães apresentam uma alta incidência de mastocitomas (tumor de mastócitos) e os gatos (normalmente animais despigmentados) de carcinomas espinocelulares;
  • Mamários, principalmente em fêmeas não castradas;
  • Hematopoiéticos (linfomas e leucemias).

Nossos clientes

A opinião de alguns proprietários de animais atendidos na Onco Cane

 

No inicio de 2014, recebi a terrível notícia que meu grande amigo e parceiro Shivah estava com uma “maledita” doença, que não gosto nem de falar o nome. Diagnóstico recebido, vamos tratar. Como, onde e com quem?
Foi quando conheci a Dra. Renata Sobral, que para a minha surpresa, mostrou-se uma pessoa incrivelmente humanizada e que entende não só a dor dos mascotes, mas também, de seus donos. Fui incrivelmente bem atendido e por várias vezes perguntei-me como a Dra. Renata faz para demonstrar tanta alegria trabalhando em um setor da veterinária tão triste? Não tenho essa resposta, mas sei que ela consegue atender e tranquilizar ambas as partes. Deve ser um segredo profissional só dela.
Enfim, já faz um ano de tratamento e um relacionamento incrível. E hoje posso dizer que meu parceiro Shivah está lindo e saudável. Só tenho a agradecer a Dra. Renata e toda sua equipe.
Um profundo obrigado!

Ralph Peticov

Consultor de Estratégia

Acredito que o tratamento do linfoma é essencial para prolongarmos e melhorarmos a qualidade de vida de nosso querido animal. Com a Dra. Renata e toda equipe da Onco Cane o Luke teve a oportunidade de um tratamento personalizado, com acompanhamento e suporte constante. É admirável, além do conhecimento e experiência, a dedicação e preocupação da Dra. Renata durante todo o processo, sempre orientando e discutindo com nós as possibilidades. O Luke e toda família agradecem pelos cuidados e pelo carinho de toda equipe.

Deborah Fox

Bióloga