Cadê teu olhinho arregalado,
Que tanto ama quanto é amado?
Cadê teu rabinho enrolado?
Donde teu manso rosnado?

Foste meu segundo menino,
Sangue do meu sangue.
Valente e pequenino,
Chang do meu Chang

Foste em tudo amigo fiel,
Toma, então, teu posto no céu.

Da minha maior amiga,
Foste o maior presente.
E seguiras em minha vida,
Mesmo agora, ausente

×

Olá!

Para agendamento de consultas, via WhatsApp, clique no botão abaixo ou envie-nos um email para [email protected]

×