Leucemia é uma doença caracterizada pela proliferação descontrolada de glóbulos brancos (células do sangue) que leva a um acúmulo de células anormais tanto na medula óssea como no sangue periférico. A doença pode acometer tanto cães como gatos, sem necessariamente estar relacionada à predisposição racial.

As leucemias podem ser classificadas quanto à linhagem celular envolvida (sendo a leucemia linfocítica e a leucemia mielóide os principais tipos observados); e em aguda ou crônica, de acordo com o tempo de evolução e grau de maturação celular comprometido. O prognóstico das leucemias crônicas tende a ser mais favorável, quando diagnosticadas de forma precoce. Como os sintomas da doença são inespecíficos, o diagnóstico exige a avaliação clínica de um médico veterinário, além de exames complementares mais específicos, tais como citologia aspirativa e/ou biópsia de medula óssea.

O tratamento envolve sessões de quimioterapia e medicamentos de suporte para minimizar as complicações secundárias da doença.

Nossa querida paciente Moa foi diagnosticada com leucemia mielóide aguda secundária à síndrome mielodisplásica e, atualmente, após o término do tratamento quimioterápico, ela está muito bem e segue em acompanhamento oncológico com nossa equipe. No caso da Moa, o diagnóstico precoce foi fundamental para o sucesso no tratamento!

Texto: Dra. Mayara Parisi

Moa (Border Collie) durante o tratamento da leucemia, ela desfrutou de uma vida praticamente normal para um cão de companhia.

Após o término do tratamento, Moa pode então “curtir” dias de sol e mar com seu inseparável tutor!

×

Olá!

Clique no botão abaixo para conversar no WhatsApp ou envie-nos um email para mensagem@oncocane.com

× Como podemos lhe ajudar?